segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Saudade

Saudade, palavra única. Palavra que consegue possuir diversos significados (de alguém falecido, de alguém que amamos e está longe ou ausente, de um amigo querido, de alguém ou algo que não vemos há imenso tempo, de alguém que não conversamos há muito tempo, de lugares, de comida, de situações. de um amor, de uma música ou de uma expressão, sentimento ou valor).
Quem nunca sentiu saudade na vida? Saudade pode ser um sentimento ingrato, dói no peito e fere a alma. Há quem sinta falta do que nem conhece! A saudade faz parte do ser humano. Todos que amam sentem esse vazio, a falta da companhia, presença, cheiro. Sentimento amargo mas pleno de carinho, de emoção, de amor.

Embora a saudade descreva a mistura dos sentimentos de perda, distância e amor, é uma das palavras mais populares , mais usadas dentro da Língua Portuguesa. Segundo os dicionários, todos chegam em uma conclusão: a palavra vem do latim "solitas, solitatis" (solidão), na forma arcaica de "soedade, soidade e suidade". A gênese do vocábulo está directamente ligada à tradição marítima lusitana, já que foi cunhada na época dos Descobrimentos e no Brasil colônia. Esse vocábulo esteve muito presente para definir a solidão dos portugueses numa terra estranha, longe de entes queridos. Define a melancolia causada pela lembrança.

A palavra chega ser tão complexa, que somente existe nas línguas galego-português- um tipo de português mais arcaico- e na lingua portuguesa. Com seus amplos significados, e de difícil tradução para as outras línguas, foi parar a uma lista compilada por uma empresa britânica com as opiniões de mil tradutores profissionais, que coloca a palavra "saudade", em português, como a sétima mais difícil do mundo para se traduzir.

Por fim, a medida que os anos se foram, o vocábulo- diretamente ligado ao português- foi recebendo flexões, sentidos diversificados, e nisso reajunta tudo e forma uma só palavra. Cada um sabe o que é, porém não é fácil explicar ou exemplificar, só há como sentir. "Saudade é quando o momento tenta fugir da lembrança para acontecer de novo e não consegue", afirma Adriana Falcão- Roteirista da TV Globo.

PS: E você, conte pra gente de quê ou de quem você sente saudades. Pode ser o cobertorzinho de infância ou o parente querido que se foi. Te espero nos comentários.

2 comentários:

  1. Ah, é a gabriela que te joga da cama, só pra não deixar duvidas, ahuauhuhahua

    ResponderExcluir